vices et les vertus

Não vou falar o que sou. Pois o que sou é aquilo que não sou. E o que pensas que sou, já é passado. O que sou terás de conhecer, o que é terás de ser. Se quer saber, trate de entrar e fechar a porta. Pois sou aquilo que será, serei aquilo que já foi e simultaneamente o que ainda existe!